Gardner e suas Multiplas Inteligências em sala de aula


Gardner é o coordenador do Projeto Zero,Home onde aplica sua teoria das diferentes inteligências em sala de aula. Os estudantes enquanto estão trabalhando em seus projetos, vão desenvolvendo habilidades em diferentes formas de mídia. O aluno pode usar fotos em seus trabalhos, recortes de jornais, ou vídeo e som em suas apresentações de grupo.
Gardner e seus colegas investigam desde 1985 como os computadores podem ser usados como maquinas de ensinar. Seu grupo de colegas é de opinião que os computadores podem ser os únicos que permitem uma série de novos campos de conhecimento ajudando as pessoas a encontrarem a informação que necessitam sem grandes dificuldades.
Os computadores por exemplo podem ser usados para ensinar musica, funcionando como uma ferramenta de ensino passo a passo e no próprio ritmo do aluno e não como mais uma tecnologia para ser aprendida por que está na moda. Com o computador o aluno pode desenvolver sua criatividade e conhecimento ao permitir fazer projetos que incluam textos, imagens e sons. Alunos por exemplo que apresentam habilidade ligada à escrita, podem utilizar os processadores de texto, enquanto que alunos mais visuais podem usar os softwares gráficos em desenhos, construindo figuras e animando-as. Alunos com habilidades musicais podem tocar instrumentos, e ouvir sua própria performance em ritmos e melodias, acompanhando sua evolução pelo computador. Outros colegas que tenham mais habilidades cinestésicas podem fazer a coreografia enquanto os mais musicais executam a musica no computador. Estes projetos são difíceis de avaliar pois como as crianças trabalham em varios projetos sua performance é muito complexa e com múltiplas dimensões.
No projeto Zero, Gardner e seus colegas focam principalmente em que formas se pode avaliar realmente a performance dos alunos, e desenvolvem formas de fazer esta avaliação, saindo do tradicional teste de inteligência, ou provas específicas de rendimento escolar. Tentam implementar um portfolio nas escolas para poder documentar o desenvolvimento dos alunos durante todo o ano. Um portofolio permite que os professores avaliem os alunos em diferentes aspectos da tarefa, e estão disponíveis para serem revistos e reavaliados.
Maria Alice Becker